Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://localhost:80/jspui/handle/123456789/784
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorOliveira, Michelle Raiane Selvati Costa-
dc.date.accessioned2022-02-04T18:52:08Z-
dc.date.available2022-02-04T18:52:08Z-
dc.date.issued2021-11-10-
dc.identifier.urihttp://localhost:80/jspui/handle/123456789/784-
dc.description.abstractA pesquisa apresenta um estudo sobre a possibilidade de o Delegado de Polícia reconhecer a hipossuficiência do acusado e isentar o flagranteado do pagamento de fiança, de acordo com os princípios garantidos na Constituição Federal e conforme a lei 12.403/11. Objetivo: O trabalho tem como objetivo geral estudar o instituto da fiança pela Autoridade Policial a luz do princípio da igualdade material. Mostrar quais foram as inovações legislativas e se estas se encontram de acordo com a lei maior, além de analisar as alterações legislativas e a ampliação da ordem jurídica. Metodologia: A pesquisa é de natureza bibliográfica e tem como fundamentação a Constituição Federal de 1988 e os Códigos Penal e Processual Penal, além de doutrinas e jurisprudências. Resultados: A pesquisa demostrou a possibilidade do Delegado de Polícia, quando for o caso, isentar da fiança, o acusado hipossuficiente, fundamentando tal decisão no princípio da isonomia, consagrado em nossa Constituição Federal. Conclusão: De acordo com a pesquisa, foi possível observar que o Delegado de Polícia deve ter a capacidade de verificar a situação do caso concreto quando receber um flagranteado que não possui condições de arcar com o pagamento da fiança e de verificar se ao encaminhá-lo ao presídio não feriria os princípios constitucionais garantidos a este.en_US
dc.language.isopt_BRen_US
dc.subjectPrincípios Constitucionaisen_US
dc.subjectAutoridade Policialen_US
dc.subjectIsenção de Fiançaen_US
dc.subjectHipossuficiência Financeiraen_US
dc.titleANÁLISE DO INSTITUTO DA FIANÇA ARBITRADA PELO DELEGADO DE POLÍCIA À LUZ DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA MATERIAL E AS INOVAÇÕES DA LEI 12.403/2011en_US
dc.typeMonographyen_US
dc.creator.advisor1Faria, Adriane Patrícia Santosen_US
dc.publisher.countryBrasilen_US
dc.publisher.departmentFundação Educacional de Lavrasen_US
dc.publisher.initialsUnilavrasen_US
Aparece nas coleções:TCC-Direito

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Michelle Raiane Selvati Costa Oliveira.pdf522.38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.