Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://localhost:80/jspui/handle/123456789/471
Título: ENSAIOS DE CONCRETO AUTOLIMPANTE PARA UTILIZAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL
Autor(es): Schulz, Tiago Luiz
Primeiro Orientador: Pereira, Marisa Aparecida
Palavras-chave: Sustentabilidade;Fotocatálise;Dióxido de Titânio;Cimento;Espectrofotometria;Concreto Autolimpante
Data do documento: 19-Mai-2020
Editor: Fundação Educacional de Lavras
Resumo: Ao longo do tempo, os revestimentos de fachada permanecem expostos a diversos agentes de degradação, sejam eles associados aos próprios materiais empregados ou a fatores externos. Essa exposição implica em manchas formadas a partir da deposição de partículas poluentes na superfície dos revestimentos, elevando seus custos para limpeza e manutenção. Uma vez que permanecem expostas à radiação solar, as fachadas se mostram atraentes ao uso de materiais fotocatalíticos, os quais catalisam a mineralização de agentes poluentes, transformando-os em produtos inócuos. A adição de dióxido de titânio (TiO2) pode resultar em superfícies autolimpantes, reduzindo a formação de manchas e mantendo sua coloração original ao longo do tempo. Portanto, busca-se avaliar a capacidade autolimpante do concreto fotocatalítico com adição de TiO2 expostas ao microclima urbano da cidade de Lavras. Para isto, serão confeccionadas amostras de concreto utilizando-se o cimento branco estrutural CPB 40 contendo diferentes teores de TiO2, onde serão manchados com Rodamina B e lodo de cinzas da queima de eucalipto e, posteriormente, expostos diretamente ao ambiente externo. Ao longo do período de exposição, serão realizadas leituras colorimétricas tendo em vista a descoloração dos manchamentos aplicados. Além de teste a resistência compressão e absorção de água.
abstract: Over time, facade coatings remain exposed to various degradation agents, whether associated with the materials employed or external factors. This exposure involves stains formed from the deposition of pollutant particles on the surface of the coatings, raising their costs for cleaning and maintenance. Since they remain exposed to solar radiation, the facades are attractive to the use of photocatalytic materials, which catalyze the mineralization of pollutants, transforming them into innocuous products. The addition of titanium dioxide (TiO2) can result in self-cleaning surfaces, reducing the formation of stains and maintaining their original coloration over time. Therefore, it is sought to evaluate the self-cleaning capacity of photocatalytic concrete with addition of TiO2 exposed to the urban microclimate of the city of Lavras. For this, concrete samples will be made using the structural white cement CPB 40 containing different levels of TiO2, where they will be stained with Rodamina B and sludge from the burning of eucalyptus and later exposed directly to the external environment. Throughout the exposure period, colorimetric readings will be carried out in view of the discoloration of the applied patches. In addition to testing the compressive strength and water absorption.
URI: http://localhost:80/jspui/handle/123456789/471
Aparece nas coleções:TCC-Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC TIAGO SCHULZ_ENGC.pdf2.63 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.