Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://localhost:80/jspui/handle/123456789/354
Título: O USO DA CITOLOGIA ESFOLIATIVA NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DE ALTERAÇÕES CELULARES INDUZIDAS PELO USO DO FUMO
Autor(es): Corrêa, Letícia Maria
Primeiro Orientador: Garcia, Natália Galvão
Palavras-chave: Câncer Bucal;Fumantes;Papanicolau
Data do documento: 18-Set-2019
Editor: Fundação Educacional de Lavras
Resumo: O câncer bucal é causado principalmente pelo uso constante de tabaco (fumo) e o álcool atua como fator secundário e sinérgico. O meio mais eficiente para reduzir a mortalidade e morbidade da doença é a realização do diagnóstico precoce das alterações celulares. Para isso, várias técnicas podem ser usadas, dentre elas a citologia esfoliativa associada à coloração de Papanicolau. Essa técnica deve ser implementada na odontologia como exame de rotina durante o exame clínico, podendo reduzir assim a incidência do câncer de boca na população em geral. O objetivo neste estudo foi implementar a técnica da citologia esfoliativa na detecção precoce de alterações celulares induzidas pelo uso contínuo do fumo. Foram selecionados aleatoriamente 61 pacientes atendidos na clínica de Odontologia do Centro Universitário de Lavras (Unilavras) que foram separados em dois grupos experimentais, grupo 01: pacientes do sexo masculino, sem nenhuma lesão bucal que nunca apresentou história de uso de fumo/tabaco; grupo 02: pacientes do sexo masculino sem nenhuma lesão bucal que tem história de uso regular de tabaco/fumo. O material coletado foi corado pela técnica de Papanicolaou e parâmetros celulares e nucleares foram utilizados para estabelecer a presença ou ausência de alterações celulares. Foi realizada a citologia esfoliativa da mucosa jugal de 40 pacientes, sendo 9 fumantes e 31 não fumantes. Nesse grupo de pacientes a média de idade dos pacientes fumantes foi 53,4 anos e os pacientes não fumantes apresentaram média de idade de 48,1 anos. Também foi realizada a citologia esfoliativa da borda lateral da língua de 21 pacientes, sendo 7 fumantes e 14 não fumantes. Nesse grupo a média de idade dos pacientes fumantes foi de 48,3 e dos pacientes não fumantes foi de 44,9. Na avaliação citológica, foi observado que a maioria dos pacientes fumantes apresentaram a classificação II de Papanicolau em ambas as localizações. Foi observado forte correlação entre a quantidade de fumo usado pelo paciente e os achados da citologia esfoliativa.
abstract: Oral cancer is mainly caused by the constant use of tobacco (tobacco) whereas alcohol consumption acts as a secondary and synergistic factor. The most efficient way to reduce its mortality and morbidity is the early diagnosis of cell alterations. Several techniques can be used to identify initial alterations, including exfoliative cytology associated with Papanicolau. This technique should be implemented in dentistry as a routine test during the clinical examination, thus reducing the incidence of oral cancer in the general population. The aim of this study was to implement the exfoliative cytology technique in the early detection of cell alterations induced by continuous smoking. We randomly selected 61 patients treated at the Dental Clinic at the Lavras University Center (Unilavras). These patients were separated into two experimental groups: group 01: male patients with no oral lesions who had never smoked /tobacco use; and group 02: male patients with no oral lesions who had a history of regular smoking history/tobacco use. The collected material was stained by the Papanicolaou technique and cellular and nuclear parameters were used to establish the presence or absence of cellular alterations. Exfoliative cytology of the jugal mucosa was performed in 40 patients, 9 smokers and 31 non-smokers. In this group of patients the average age of smokers was 53.4 years and non-smokers had a mean age of 48.1 years. Exfoliative cytology of the lateral border of the tongue was also performed in 21 patients, 7 smokers and 14 non-smokers. In this group the average age of smokers was 48.3 and of non-smokers 44.9. In the cytological evaluation, it was observed that most smokers had Papanicolau classification II in both locations. A strong correlation was observed between the amount of smoke used by the patient and the findings of exfoliative cytology.
URI: http://localhost:80/jspui/handle/123456789/354
Aparece nas coleções:TCC- Odontologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Letícia Maria.pdf409.12 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.