Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://localhost:80/jspui/handle/123456789/292
Título: NOVAS SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS: UMA REVISÃO
Autor(es): Leite, Jacqueline Paula
Primeiro Orientador: Vieira, Tales Giuliano
Palavras-chave: Novas Drogas Psicoativas;Canabinoides Sintéticos;NBOMes;Catinomas Sintéticas
Data do documento: 28-Jun-2019
Editor: Fundação Educacional de Lavras
Resumo: Introdução: As Novas Drogas Psicoativas (NPS) tem tomado uma proporção cada vez maior e vem com a finalidade de driblar as leis e evadir medidas de controle. Diante disso, a ANVISA têm sérios problemas no controle dessas substâncias, pois as NPS estão sendo sintetizadas e comercializadas de forma muito ágil. Diante da necessidade desse rápido aparecimento, criou-se Grupos de Trabalho para discutir e aperfeiçoar o controle e proibição dessas NPS e assim, otimizar o tempo gasto para que estas se incluam na portaria 344/98 se tornando substâncias proscritas. Algumas dessas substâncias são citadas neste trabalho: Canabinoides sintéticos, oriundos da Cannabis sativa; os NBOMes (feniletilaminas) que são vendidos como substitutos do LSD; e Catinonas sintéticas, que são drogas estimulantes semelhantes às anfetaminas. Objetivo: desenvolver uma pesquisa bibliográfica com foco às novas substâncias psicoativas, dando ênfase aos grupos com maior representatividade em termos de consumo e perigo para a saúde pública. Metodologia: O trabalho foi desenvolvido através da pesquisa em bases de dados Pubmed, Google Acadêmico e Portal de Periódicos da CAPES, bem como em sites de notícias e revistas digitais. Considerações finais:apesar de toda ação legislativa criteriosa, novos produtos estão a aparecer continuamente e preenchendo lugar daqueles que foram proibidos. Mesmo com toda essa agilidade na síntese de NPS, a atuação da ANVISA tem sido vista de maneira exemplar para os demais países. É de suma importância, após uma apreensão de NPS, sempre incluir estas aos formulários de notificação da ANVISA (canal de comunicação entre ANVISA e laboratórios forenses), auxiliando na monitoria das substâncias que circulam no país garantindo um acompanhamento mais cauteloso. Para melhor entendimento e conhecimento da população, neste trabalho foram mencionados de forma clara e objetiva, todos os tipos de apresentação e forma de uso de cada NPS abordada, bem como suas reações esperadas e adversas, sintetizando o que deve ser de entendimento básico para qualquer leitor.
URI: http://localhost:80/jspui/handle/123456789/292
Aparece nas coleções:Especialização Ciências Forenses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Jacqueline.docx1.68 MBMicrosoft Word XMLVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.